bc

Início

book_age18+
5
FOLLOW
1K
READ
friends to lovers
king
blue collar
bxg
kicking
campus
another world
sassy
like
intro-logo
Blurb

O que você faria se pudesse renascer em outra época, em outro lugar e com todas as suas memórias da sua vida anterior?

Ela ressurge com o auxílio forças misteriosas em outro tempo, em outro lugar, para encontrar sua essência e o amor verdadeiro de toda sua eternidade.

Esta é a história de Lex e da sua busca pela verdade de sua vida eterna.

chap-preview
Free preview
Uma noite escura
Ah! Insônia! Que companheira recorrente! Era uma madrugada fresca, de fim de outono, em lua nova. A escuridão, úmida e fria, deixava a temperatura levemente desconfortável. Nem frio o suficiente para se aquecer debaixo do cobertor e nem quente o suficiente para dispensá-lo. A janela do loft estava embaçada e névoa não permitia ver muito além da luz da varanda. As luzes, distantes, da cidade em movimento pareciam ofuscadas e se esparramavam para além de seus minúsculos pontos centrais. Definitivamente, o inverno logo chegaria e as noites, brevemente, se tornaram tanto mais frias quanto chuvosas. O loft estava apagado. O espaço não era grande, mas suficiente para alguém que vivia por aí e para si, em silêncio. No espaço da entrada, que abrigava a sala, a cozinha e o banheiro com uma pequena área de serviço, tudo estava organizado e parecia muito confortável, as cores, sóbrias, de verde musgo, cinza e branco contrastavam com o dourado das peças de decoração, o branco dos tampos dos móveis e os quadros de cores vibrantes meticulosamente posicionados: uns pendurados, outros apoiados. Havia plantas espalhadas pelo espaço, coloridas e vivas, mas, claramente, não eram naturais, ainda que fossem muito realistas. Haviam peças artesanais que contrastavam com o estilo brutalista, de toques industriais, daquele lugar. Em nada parecia habitado. Lembrava mais um espaço desses das revistas de arquitetura ou de decoração e interiores. Menos ainda, remetia qualquer lembrança à habitação de uma mulher. Não haviam animais de estimação e nem plantas vivas. Tudo em ordem, tudo limpo, tudo como se vida alguma vivesse ali. Por todo o espaço, um cheiro suave de camomila e valeriana resplandecia, delicado, trazendo um ar leve e harmonioso ao lugar. Da vidraça, entre as cortinas, se via uma varanda ampla, onde, do lado de fora, quietos, repousavam a mesa de ferro, duas cadeiras do mesmo material, o ombrelone e um grande espaço livre. O piso externo, rústico, apresentava aquela umidade residual do orvalho que começava a se formar na madrugada. Sentada em uma poltrona, ela tinha uma caneca de porcelana entre as mãos, com um chá aromático quente, cujo cheiro de camomila era marcante e que lhe aquecia as mãos, enquanto ela olhava vagamente para o lado de fora. No ar da cidade, silêncio. Nada de agitação ou da vida de ritmo inebriante típico de um grande centro populacional, somente o silêncio, atingido pelas luzes da cidade, que buscavam as estrelas além das pesadas nuvens que neblinavam tudo o que a vista podia alcançar através dos vidros embaçados e da maciça cerração que fechava-se a cada minuto. A figura sentada na poltrona era de uma mulher elegante, que repousava tranquilamente, de pernas cruzadas, vestida de cetim roxo, simples, sem rendas, mas de fino acabamento. Os pés, descalços, eram bem desenhados e finamente tratados, assim como as mãos, de unhas naturais, longas e bem cuidadas, que ostentavam uma delicada cor de pele. Ao longe, o tempo fluía, sem atingir a pele branca e os lábios rosados do calor do chá daquela figura serena. Ainda que a paz encontrasse morada naquele lugar, havia uma inquietação constante naquele ser, todas as madrugadas, o sono lhe fugia como um animal selvagem foge do fogo. Ela aprendeu a dedicar seu tempo a contemplar o momento a que, gentilmente, chamava de "Portal do Tempo", em que tudo se suspendia no ar parado e na pausa da vida. Outra manhã chegaria em breve e ela, novamente, recomeçaria seu cotidiano. Como marchand, se dedicava a procurar, atestar e adquirir obras de artes para seus clientes, especialmente, na busca por novos talentos que, em pouco tempo, emergeriam no mundo das artes de luxo, obras que passariam a valer muito dinheiro quando se reconhecesse a genialidade de seus autores. Teria sido curadora, mas as galerias lhe pareciam tediosas demais, impessoais demais, solitárias demais, ainda que sua "base", como apelidava sua casa, tivesse características muito parecidas, já que seu ritmo de vida não permitia nada muito além disso. Seu espaço refletia como vivia: um espaço que poderia ser deixado por horas ou anos e nada mudaria, talvez uma ou outra camada de poeira se manifestasse nos períodos mais longos. Ao terminar o chá, a figura alta e imperiosa, repousou a caneca em uma mesinha ao lado da poltrona e, permaneceu quieta, imóvel, no mesmo lugar, por alguns momentos, até que a friagem passasse a se tornar mais sólida, tátil e incomoda. Decidida, levantou-se e subiu os degraus da escadaria que levava ao mezanino. Já no outro andar, uma confortável cama a aguardava, revestida de lençóis de algodão de ótima qualidade. Os travesseiros eram um convite ao sono que insistia em ficar longe daquele abrigo e o edredon, de fina fabricação, pesado, era outro convite ao abraço dos sonhos, que sua mente insistia em recusar. Nada estava errado na vida dela: viúva, filhos criados, não precisava ser preocupar com nada, dinheiro e conforto não faltavam; bem resolvida e bem sucedida, tinha tudo mas algo lhe tirava o sono que custava a voltar. Havia quem diria que seria a espiritualidade a alertá-la enquanto outros diriam ser algo oculto em sua mente subconsciente, no entanto, fosse qual fosse a explicação, o resultado prático era o mesmo: deitar na cama, o mais confortável possível, se aquecer e esperar até o sono se aconchegar ou o sol bater nas cortinas da parede envidraçada que fronteava a face nascente do loft. Naquela noite, ela, enfim, dormiu...

editor-pick
Dreame-Editor's pick

bc

O Alfa Sem Coração

read
47.4K
bc

LOBO SELVAGEM

read
1.2K
bc

Rainha da Máfia

read
2.3K
bc

Era pra ser você.

read
1K
bc

Amiga da minha IRMÃ

read
7.4K
bc

LUZ DA MINHA VIDA / LIVRO 1 SAGA DA LUZ

read
1.1K
bc

Predestinada ao Monstro

read
9.1K

Scan code to download app

download_iosApp Store
google icon
Google Play
Facebook