bc

Morando com meu chefe

book_age16+
32.8K
FOLLOW
158.7K
READ
billionaire
goodgirl
independent
boss
drama
city
office/work place
office lady
seductive
substitute
like
intro-logo
Blurb

Daniel Carter empresário e CEO da empresa BELLA MAKE BE COSMÉTICOS , vive em relacionamento frio e conturbado de 7 anos com a advogada Amélia . Seu destino esbarra com o de Kate Floyd uma jovem que engravida muito nova e se vê abandonada por todos ao seu redor principalmente sua família . De início Daniel socorre Kate ao hospital e paga todas suas despesas , depois de alguns meses , Kate será uma das participantes a uma vaga de secretaria de Daniel . Daniel fica mexido com a coincidência de esbarrar com aquela mulher de novo e a contrata para trabalhar em sua empresa . Porém Kate , foi despejada do seu quarto e não tem para onde ir . Daniel então aluga um quarto de seu apartamento para lhe ajudar , por um tempo .

Como será o convívio entre os dois trabalhando juntos , e morando no mesmo teto ? Daniel abrirá mão do seu amor antigo , para um novo amor ? Quais os mistérios que Amélia namorada de Daniel esconde para ser tão distante em seu relacionamento ? E Kate acreditará no amor de um homem depois de ter sofrido no passado ?

chap-preview
Free preview
Prólogo
Kate Tudo começou no ano de 2020 , eu sou a Kate tenho 18 anos , e estou no 3° ano do ensino médio , é estou um ano atrasada , ano passado eu reprovei e esse ano estou repetindo tudo de novo , é um saco mas fazer o quer , quem mandou ficar enrolando e depois tomei bomba por causa de poucos pontos . Eu era uma adolescente comum , sem popularidade , e andava com a turma do fundo , uma verdadeira patinho f**o entre as meninas da minha sala , ninguém me notava e apenas faziam bullying com minha aparência , meu sonho era ser amiga das Johnson e andar com elas , elas são populares e bonitas , e todos os garotos do colégio se jogam em cima delas . A se eu tivesse ao menos uma chance , minha vida poderia mudar . Era assim que eu pensava e acreditava que seria minha vida junto delas . Foi quando a Carla a mais bonita delas , corpo magro, cabelos loiros e lisos e pele perfeita , Carla é a líder do grupo e precisou da minha ajuda para colar na prova de inglês, era a prova final e ela era péssima em inglês , se eu não ajudasse ela podia ser reprovada , então vi aquela oportunidade como sendo a última da minha vida no ensino médio , eu a ajudei mas com uma condição , delas me darem uma chance de entrar para o grupo das Johnson , e agora eu estou conseguindo . Carla cumpriu com o combinado e agora faço parte do mais novo m****o das Johnson , elas me ajudaram com a minha aparência , arrumaram meu cabelo , me deram um banho de loja e me ensanaram a me maquiar , eu me sinto uma outra pessoa , eu ando com elas por toda escola , vou na casa delas , e passeamos por todos os lados da cidade . Agora todos os rapazes me enchergam e mexem comigo . Eu fiquei feliz com toda aquela popularidade , na época eu era afim de um rapaz da minha sala , o George , ele era o mais popular e bonito do colégio , seus corpo sarado e seu cabelo despojado me deixava louca . Foi quando na nossa formatura no final do ano passado , as meninas me ajudaram a se aproximar dele , eu estava divina em um vestido longo rose , saltos altos e um penteado semi preso . - E aí gata . – George se aproximou de mim me dando um beijo no meu rosto , como ele era gentil . - Oi George . – Eu fiquei tímida e sem jeito , não sabia como reagir . - As meninas falaram muito bem de você para mim , e elas tem razão te vendo tão de perto você é mó linda . - Obrigada . – Aí que vergonha , minhas bochechas começaram a ficar rosada , então peguei uma cerveja e bebi para disfarçar o incomodo . – Ficamos ali por alguns minutos bebendo e conversando , eu estava caidinha por ele , e se ele estalasce os dedos eu me jogaria em seus braços . - Que que você acha da gente sair daqui ir pra um lugar mais reservado , só nós dois . - Ele disse ao pé do meu ouvido - Tudo bem . – Balancei a cabeça em sinal de sim e saímos , ele segurou minha mão e me levou para os fundos do salão , é uma área onde ninguém nos via . Ele então começou a me beijar sem parar , e deslizando sua mão sobre todo meu corpo , os beijos eram longos e de tirar o fôlego . Foi quando ele abriu a sua calça e eu o interrompi . - Mas George tão depressa ? – Perguntei intrigada com aquela ação , nós tínhamos acabado de nos conhecer , estava acontecendo tudo muito rápido , não estava preparado para aquilo . - Sim , meu amor . Por que esperar , essa é a nossa chance . – Ele olhou dentro dos meus olhos . - Aquelas palavras mexeram comigo , eu fiquei durante 3 anos esperando ter a oportunidade de ficar com ele , e agora ele estava bem ali na minha frente , eu não podia deixar ele ir de qualquer jeito e pensar que eu sou uma antiquada . - Tenho que te contar um negócio antes . – Eu precisava o contar que eu era virgem . - Pode falar meu bem . – ele era muito carinhoso e não parava de passar as mãos sobre meu cabelo . - Eu sou virgem . – Seus olhos brilharam ouvindo lhe contar isso . - Perfeito . Você é minha pedra preciosa . – Ele me dizia essas palavras no pé do meu ouvido , fazendo eu me arrepiar dos pés a cabeça . Foi então que eu me entreguei para ele e perdi minha virgindade . Tenho que confessar para vocês que eu não esperava ser tão h******l , foi tudo muito rápido e dolorido , eu não consegui sentir prazer e quando eu vi , ele já havia terminado . Eu imagina que minha primeira vez ia ser especial e perfeita , mas não foi , me senti péssima , usada e arrependida de ter me entregado assim para George em um primeiro momento . Mas já era tarde demais . George espalhou para todos da escola , que estavam comentando que eu perdi minha virgindade com ele , falando que eu era uma garota fácil e essas coisas que você pode imaginar , foi uma grande vergonha para mim . E George cadê ele ? Sumiu , não atendia nenhuma de minhas ligações , me evitou o tempo todo na última semana de aula , e sempre que eu o via ele saia fora e se aproximava de outra garota , foi aí que minha ficha caiu , e o parei de incomodar , ele apenas me usou aquele dia , como eu fosse um brinquedo , e pulou fora , típico de homens assim , sem vergonha . Boba fui eu que me iludi achando que ele ia namorar comigo . Eu continuei andando com as Johnson até o último dia , então o segundo grau terminou . Durante as férias as vezes eu as via , e também voltei a encontrar com as minhas amigas do fundão , foi quando em um determinado dia , eu passei m*l na casa de uma amiga , não parava de vomitar . - Kate o que você comeu que está assim ? – Ele me olhou espantada me vendo ajoelhada vomitando sobre o vaso . - Não sei Paula , eu ando com o estômago r**m ultimamente . - Será que você não está grávida ? – Ela colocou suas mãos em meus braços me ajudando . - Ficou louca ? – Me levantei limpando o canto da minha boca . - Não ! Aquela vez que você ficou com George vocês usaram c*******a ? – Parei para pensar naquele noite h******l . - Não ! – Quase não saia voz , aquele dia foi o maior vacilo da minha vida e eu ainda não me prevenir , como sou burra . - Amiga sinto em dizer , mas você pode está grávida . – Fiquei em silêncio , eu estava em estado de choque . – Nós duas saímos e fomos até uma farmácia comprar um teste de gravidez , e deu positivo para minha tristeza . Como eu ia falar para meus pais que estava grávida , meu pai é um homem muito rigoroso e não vai aceitar uma filha de 18 anos , mãe solteira . Mas não tinha jeito , eu tive que contar e sua reação foi a pior . - Sua v*******a , eu não te criei para você sair dando para qualquer um e me aparecer engravidar . – Ele bateu com força no meu rosto , e gritou sem parar . – A minha única reação foi chorar . - Me perdoa papai . - Implorei misericórdia de joelhos segurando sua perna . Meu pai não aceitou e me expulsou de casa , sem dó nem piedade , eu não sabia o que ia fazer dali para frente , eu não tinha pra onde ir , o jeito por enquanto era ir até casa de Paula . - Paula . – Bati na porta da casa de Paula , sua mãe veio me atender . - Kate ! Entre , a Paula está lá em cima no seu quarto . - Com licença senhora . – Entrei e subi as escadas em direção ao seu quarto , eu estava com uma mochila nas costas com minhas roupas . - Kate , você aqui tão cedo ! Por que está com essa mochila nas costas ? Não me diz que ainda não contou para seu pai ? - Eu contei , e ele não aceitou . Me xingou e me expulsou de casa , ele jogou todas as minhas roupas pela janela , eu não tive escolha a não ser vim pra cá . - Amiga você pode ficar aqui , mas você sabe meus pais não vão te aceitar aqui por muito tempo , ainda mais quando a notícia sobre sua gravidez se espalhar . - Eu sei , é apenas até eu conseguir um lugar para ir . Agora mesmo vou sair e procurar um emprego . - Tudo bem amiga , vou conversar com a mamãe . Boa sorte , espero que dê tudo certo . - Obrigada . Peguei uma bolsa de mão e sai . Fui primeiro em uma copiadora e imprimir diversas folhas de currículo . Andei por toda redondeza atrás de um trabalho , mas estava difícil . Todos pegavam o currículo olhava , e perguntava se eu tinha alguma experiência . Mas como sempre minha resposta era , não ! Eu nunca trabalhei então não tenho experiência em área alguma , apenas procuro um primeiro emprego , mas pelo visto os currículos são sempre arquivados em gavetas abandonadas , e a espera de uma ligação para uma possível entrevista , nunca acontece . Depois de ir em muitos lugares passei em frente a uma boate , e vi um papel imprimido e colado na porta escrito “ Precisamos de garçonetes “ . Aquela é a minha chance , eu não podia escolher um emprego e sim aceitar o que aparecesse primeiro . Toquei o interfone e um homem atendeu . - Sim ! - Senhor estou aqui para me candidatar para vaga de garçonete . - Ok , vou abrir o portão você pode entrar e segui um corredor até o final . – Assim o fiz eu entrei e fui direto por aquele corredor , foi quando eu vi uma porta fechada , parei na sua frente e bati . - Pode entrar ! A voz daquele homem ecoou do lado de fora . - Boa tarde senhor . - Disse me aproximando . - Boa tarde senhorita , pode se sentar . - Obrigada . – Me sentei ajeitando minha roupa e lhe entregando com currículo . - Muito bem , vejo que você é muito jovem e nunca trabalhou , é perfeito para nossa vaga . - Sou senhor ? – Perguntei sem acreditar . - Sim , a nossa vaga é para moças jovens e bonitas que nem você . – Me enchi de alegria com aquele comentário , como eu não tinha maldade . - Bom , e o que eu tenho que fazer ? - Você será uma de nossas garçonetes . O Trabalho ocorre no bar da boate e nas mesas dos nossos clientes vips , servindo bebidas e petiscos . Nosso horário é das 20:00 da noite até às 05:00 da manhã , com uma hora de intervalo . De terça a domingo , toda segunda será sua folga . Os pagamentos são 300 reais semanais , no momento não estamos assinando a carteira . E aí o que me diz ? – Eu não podia escolher , era aquele emprego ou eu ia ficar desempregada e sem teto para morar . - Sim , eu aceito a vaga . – ele levantou seu braço e pegou na minha mão me dando boas vindas . Voltei para casa da Paula , ela já tinha conversado com sua mãe , que disse a mesma coisa que ela me falou . - Amiga conseguiu um emprego . - Sim , consegui em uma boate . Não é um dos melhores mas foi o que me apareceu . - Que bom Kate , você vai conseguir sair bem dessa . - Sim , será que eu posso ficar apenas uma semana , estou sem nenhum dinheiro e recebo no final de semana . - Tudo bem , mamãe disso que por pouco tempo não tem problema . – Me senti agradecida com a sua ajuda . Durante aquele primeira semana de trabalho foi mais difícil , me adaptar aquela nova rotina de horário , ao ambiente , mas aos poucos estou me acostumando . Na segunda de manhã eu recebi meu pagamento semanal , e então fui procurar um lugar parar morar . Eu encontrei um prédio pequeno que alugava apenas um cômodo , vamos dizer “ um quarto “ , o valor era acessível ao meu pagamento , então foi para lá que me mudei .

editor-pick
Dreame-Editor's pick

bc

Atraída por eles.

read
67.5K
bc

INESPERADO AMOR DO CEO

read
54.1K
bc

O NOVO COMANDO HERDEIROS DO ALEMÃO ( MORRO)

read
15.2K
bc

Atração Perigosa

read
10.1K
bc

Chega de silêncio

read
2.8K
bc

Querido TIO.

read
11.5K
bc

O plano falhou: O Retorno da Filha Abandonada

read
9.2K

Scan code to download app

download_iosApp Store
google icon
Google Play
Facebook