bc

Traficante obsecado pela Morena

book_age18+
27.1K
FOLLOW
149.3K
READ
possessive
sex
drama
like
intro-logo
Blurb

Jefesson é um traficante bastante frio e calculista. Dono do morro do vidigal. Conhecido como Chefinho. Ele tem 25 anos esta na vida do crime desde seus 14 anos . Ele nunca foi de se apaixonar muitos menos tratar alguma mulher bem , para ele são todas va***s.

Maria Sofia é uma menina doce , prestativa , educada, dona de si, tem seu próprio dinheiro e dona de uma beleza inestimavél.

Ela se desentende com sua mãe e acaba indo morar no morro do vidigal. E o quê ela nunca imaginava era que acabaria se envolvendo com o dono do morro.

Venha embarcar nessa aventura .

chap-preview
Free preview
Onde tudo começou
- Me chamo Maria Sofia, tenho 20 anos, conclui meu ensino médio com 18 anos, comecei a cursar uma faculdade de direito mas acabei desistindo, então resolvi jogar tudo pro ar e ir curtir minha vida . Tenho bastante dinheiro que meu querido pai me deixou de herança e não tem porque eu me matar de trabalhar , vou é curtir e viver minha vida que não sou nada best@ . Após deixar de lado minha faculdade fui morar com minha mãe e de começo foi tudo mil maravilhas , após seis meses morando com ela minha vida parecia um inferno . Minha mãe começou pegar no meu pé pois as filhas das amigas dela eram tudo bem resolvidas com suas profissões, e ela era a única daquele meio que tinha uma filha desnorteada que só pensava em festas e gastar dinheiro, como diz ela a filhinha de papai que se acha a toda poderosa mas vive da herança do pai. kkkkkkkkkkk Posso fazer nada se meu pai era rico, eu hein gente cada uma . Sai para uma baladinha era nove horas da noite como de costume , e cheguei no outro dia as 7 da manhã, e ao abrir a porta minha mãe já veio me encher o saco. Maria - Que Lindo em dona Sofia uma hora dessa que você chega em casa, tem vergonha nessa sua cara não garota ? Maria Sofia- Bom dia pra senhora também mãe, e sim estou bem e vossa pessoa? ._Gargalho por dentro . Maria- Tou afim das tuas gracinhas não em Maria Sofia. Maria Sofia- Ué gente o que foi que eu fiz ? Falei e fui subindo pro quarto , minha mãe vem subindo atrás . Entro no quarto e ela entra já falando . Maria - Sofia eu sinceramente não sei mais o que fazer em relação a você. Maria Sofia - Mas oque foi que eu fiz que ta te deixando tão estressada assim ? eu já sou de maior tenho 20 anos , não te dou despesa em nada , te ajudo com as contas . Eu gosto de sair e me divertir isso é crime por acaso ? Maria - Sofia do quê adianta ajudar com as despesa e me fazer vergonha . Maria Sofia- Te fazer vergonha ? Maria - Sim Sofia tenho vergonha de ser sua mãe , de dois anos pra cá só me dá desgosto , parece uma cachorra com essas roupas curtas , deve dá pra vários macho , uma verdadeira put@ rodada . Maria Sofia- Mãe a senhora está me ofendendo, se continuar eu juro que vou embora . Maria - Isso é um favor que você me faz , não quero que o povo do prédio veja uma put@ como você entrar na minha casa , que é uma casa de respeito . Maria Sofia- Pode deixar que hoje mesmo eu saiu da sua casa . Falo e seguro as lágrimas Maria - Glória Deus . Maria Julia - Minha mãe sai do meu quarto e eu fiquei completamente triste, nossa ela nunca me tratou desse jeito , se queria que eu fosse embora era só falar que eu entenderia numa boa , agora me chamar de put@ e dizer que eu dei pra vários machos isso já é de mais, se ela soubesse que só saio pra me divertir e que sou virgem ainda ela se arrependeria de me falar essas coisas . mas enfim tenho que ver um lugar pra morar, vou ligar pra minha amiga Carol ela deve saber algum casa que esteja vendendo que eu possa comprar . pego o celular e ligo Carol- Oi amor Maria Sofia- Oi amiga preciso da sua ajuda Carol - Só Falar princesa Maria Sofia - Então preciso de uma casa pra morar, tu não sabe uma legal que esteja a venda para que eu possa comprar ? Carol- Amiga aqui onde eu moro tem uma conhecida minha que está vendendo uma casa, e parece ser uma casa confortável . Maria Sofia- Carol mora no morro do Vidigal a gente sempre sai pras baladas juntas mas nunca fui onde ela mora por achar um lugar perigoso . Ai amiga logo ai , cara esse lugar não é perigoso não ? Carol- Não amiga aqui é super de boa . Maria Sofia - É Já que só tem tu vai tu mesmo . Amiga cê vai comigo la ver a casa ? se possível agora mesmo Carol - Claro amiga , vem vou te esperar na entrada do morro . Maria Sofia- Tou indo . Desligo o celular entro no banheiro tomo um banho , visto uma roupa e desço pra pegar um táxi . Não foi nem dez minutos parei um táxi e fui rumo ao morro do vidigal . O motorista para na entrada do morro e fala. - Moça só posso vim até aqui . eu respondo: - tudo bem moço!_ Me pergunto se esse lugar realmente não é perigoso já que nem táxi sobe. Pago a passagem e desço. Assim que desço vejo alguns homens armados e ficou um pouco assustada , mas logo vejo a louca da Carol descendo . Ela vem em minha direção e me abraça . Carol - Então a princesa da asfalto vai virar a nova princesinha do morro. Maria Sofia- Para de ser ridícula garota . _Gargalharmos. Então ela segura em minha mão para irmos subindo, mas logo um cara armado impede nossa passagem e pergunta . - Iae Carol essa patricinha veio fazer o quê aqui ? Carol- Qual foi morte a patricinha aqui vai ser a nova moradora do morro , eu costumo chamar ela de princesa do asfalto , agora será princesinha do morro ._Eles gargalham Morte - Então princesinha do morro seja bem vinda . Maria Sofia - Ele puxa a minha mão e da um beijo nela, e logo abre espaço para nos passarmos . Eu heim garoto folgado Carol- Ai amiga ele é pra frente mas é gente boa, ele parece que gostou de você Maria Sofia - Ela fala e eu percebo o rosto de decepção que ela faz. Ai percebo que ela deve sentir algo por ele . Eu trato logo de demonstrar que não tive nenhum interesse - Não faz meu tipo, pra falar a verdade acho que ele quer você amiga os olhos dele chega brilha olhando pra você. _Ela da um sorriso de lado . Carol - Queria eu amiga, quer dizer... Maria Sofia - I a emocionada tá apaixonada . _Rimos . Fomos subindo o morro jogando conversa fora . Chegamos na casa da conhecida da Carol, conversei com a moça e ela foi até a casa para quê a gente podesse ver . Chegando la olhei cada cômodo e me apaixonei de verdade , a casa tinha dois andares , na parte de baixo era composta por Sala , banheiro , cozinha e uma área de lazer , na parte de cima havia dois quartos os dois com suíte. A moça estava vendendo a casa por 28 mil e pra falar a verdade eu achei até barata , não perdi tempo e fechei logo negócio. A moça se despediu e foi embora , ficando apenas eu e Carol na casa Carol- Então pirua gostou mesmo da casa ? e tu ainda não me contou o motivo de da saindo de casa . Maria Sofia - Amei essa casa de verdade amiga , e sobre o porque de ta saindo de casa eu te conto depois com mais tempo . Agora tempos que mobiliar e arrumar meu novo lar . Carol- Aqui no morro tem uma loja de móveis chiquérrima , você vai amar. Maria Sofia - Então fomos até a loja e escolhi tudo do meu gosto . Voltamos pra casa para limpar a mesma e esperar os móveis para organizar tudo , pois hoje mesmo quero me mudar pra cá. Os móveis chegaram e passamos a tarde toda organizando e limpando as coisa , acabei contando pra Carol o porquê de ter saido de casa e ela ficou de boca aberta , Mas isso não importa mais. Quando deu cinco horas da tarde terminamos tudo e eu estava morta de cansada , mas preciso pegar minhas coisas la no apartamento da minha mãe, e assim eu fiz. Chegando la não havia ninguém em casa , fui para meu quarto e comecei arrumar minhas coisas . Peguei apenas o necessário o resto eu compro por la mesmo. Saio do quarto fechando a porta desço as escada quase morrendo com duas malas , vejo que minha mãe ainda não tinha chegado. - Nossa nem pra se despedir ela esperou , mas quer saber de uma se ela quiser saber de mim ela tem meu número, apesar das coisas horríveis que ela me falou jamais irei virar a cara para minha mãe . Desço e vou pegar um táxi , agora é vida nova , uma nova realidade . O táxi para na entrada do morro e eu desço, os caras que ficam na entrada do morro tudo ficaram olhando eu morrendo com aquelas malas, nem pra me ajudar . Subo o morro ao chegar em casa deixo as malas na sala pego uma toalha, um par de roupa e subo as escadas , vou tomar logo um banho pois estou toda suada. Entro no banheiro tomo um banho demorado e me enxugo, visto uma roupa e vou pegar as malas para arrumar minhas coisas no guarda roupa . Depois de meia hora termino de guardar minhas coisas e saiu pra comprar um lanche pois não fiz compras e tou morrendo de fome . Saiu e logo em frente a minha casa tem um barzinho que por sinal tava bem animado cheio de gente , deu até vontade de entrar e tomar umas , mas deixa pra outro dia pois hoje tou morta de cansada e também só teria graça ir nesse bar se a Carol tivesse comigo. Desço mais um pouco e encontro uma lanchonete . - Boa noite Garçonete - Boa noite Maria Sofia- Faço meu pedido e falo que é pra viagem, depois de 20 minutos meu lanche já estava pronto, eu pego e volto para casa , entro em casa e já vejo meu celular tocar , pego e vejo que é Carol , atendo . Carol- fala pirua, eai ja se estalou de ver no morro ou ainda ta na sua mãe ? Maria Sofia - Já tou no morro já ridícula, subi essa p***a quase morrendo com duas malas e tu nem pra ir me ajudar . Carol - Tu não me disse nada , como eu ia adivinhar ?! Mas deixa eu te falar amanhã vai ter baile aqui no morro , Então umas duas horas da tarde eu passo ai pra gente ir no salão se ajeitar que a noite vai ser o fluxo . _Rimos . Maria Sofia - Ta certo amiga , até amanhã agora vou dormir que tou cansada , beijos . Ligação off . Termino de comer meu lanche subo as escada entro no meu quarto me jogo na cama e apago.

editor-pick
Dreame-Editor's pick

bc

Depois do seu Olhar

read
6.5K
bc

A Princesa Prometida do Mafioso

read
1.3K
bc

Uma virgem em minha Cama

read
81.4K
bc

Relação Aberta

read
2.2K
bc

Fortemente quebrados

read
1.8K
bc

Destino Perigoso

read
10.1K
bc

Fale agora ou cale-se para sempre

read
1K

Scan code to download app

download_iosApp Store
google icon
Google Play
Facebook