bc

O bebê do mafioso.

book_age18+
9.9K
FOLLOW
80.0K
READ
dark
possessive
dominant
goodgirl
mafia
enimies to lovers
cruel
like
intro-logo
Blurb

AVISO. LIVRO SENDO REVISADO.

?deseja ler esse livro completo e desbloqueado?

mande mensagem ? CristinaCristeyCec

?

Ele pensou que ela fosse uma garota de programa quando a possuiu, mas não esperava que, na verdade fosse uma garota virgem e estava ali para lhe roubar.

[✓]

Nao sabia que levaria dele muito mais que um anel que seria a a chave para eles saírem da cidade, como também estava levando um fruto prova do momento r**m que viveu nos braços daquele homem.

E agora como irmão mais velho a sua posição de sucessor do capo está ameaçada, e a garota que ele procura praticamente virou fumaça, porém ele não imaginava que estaria tão perto, e ainda sendo a mulher que ele havia escolhido por um contrato.

a garota cujo qual ele tirou o filho e a ameaça sem saber que é a sua garota, será um desafio quando ele Descobrir que, na verdade roubou seu próprio filho da mulher que ama.

aviso:

Se você está procurando uma história doce de garotos do ensino médio, este não é o lugar. Se você não gosta de histórias com reviravoltas de todos os tipos e surpresas de personagens que você passa a gostar e descobre seu lado sombrio depois, não entre nela, Mas se você é uma pessoa paciente, de mente aberta e não se importa em sentir um pouco do sofrimento de alguns personagens, prometo um sorriso doce no final da história, você não vai se arrepender.

chap-preview
Free preview
Cap.1 os três irmãos
Ola, essa história foi tirada do livro aluna exemplar e o professor. tudo começa quando Teodoro é assassinado ela própria filha apos um sequestro bilionário, que ele armou para conseguir 1bilhao de reais para pagar sua dívida ao don Francis, porém seus planos foram frustrados e acabou sendo morto pela própria filha a quem tentava obrigar a se casar com orfeu o dono das enginer princer, porém, após a morte dele Francis para cobrar sua dívida, ordenou um fim a máfia Sul, não deveria haver nenhum sucessor para aquela organização, então mandou matar todos e principalmente o braço direito de Teodoro, Lincoln, pai de molly, caio e Matheus. ° ° ° 7 anos atrás Madson tinha apenas 10 anos corria tranquilamente brincando no fundo do quintal, quando seu irmão e outro rapaz saiu pelo porta a fora trocando socos. ela não entendia bem o que estava acontecendo, apenas observava os dois sem se abalar com a briga afinal era comum ela ver caio e Matheus nesse tipo de briga porém dessa vez era um homem diferente e não seu irmão Caio como sempre costumava ver as brigas. — Volte para casa, nosso pai já disse que aqui não é seu lugar! — Bradou Braston irritado, enquanto leva mais um soco. braston como o chamam é sucessor a capo, para sua família é Fabrizio sobrenome Braston. — Vai pro inferno você e ele, aqui é meu lugar eu estou com meus irmãos e minha família — Disse Matheus irritado. — Eu queria muito te matar, seu animal sarnento — e mais uma vez Matheus o soca o levando ao chão os dois estão ensanguentados girando pelo chão, ninguém aparece para os separar, até que eles param próximo a ela no balanço. — Algum de vocês pode me empurrar? — perguntou inocentemente ignorando a briga. rapidamente eles se levantaram do chão envergonhados, mas aquele pequeno sorriso nasceu daquele delicado rosto angelical indicando que ela m*l se importou com a briga. — Molly... isso... isso foi só uma brincadeira — tentou Matheus explicar — uhm... eu também quero brincar, podem empurrar o balanço agora, e eu não conto para o pai quando ele chegar, o que eu vi — Molly... — fez Matheus desacreditado, enquanto o outro rapaz continua a observar confuso a menina tentando entender que espécie de reação é essa, já que estava ensanguentados e ainda pingava sangue na camisa. — Essa menina deve ser bem traumatizada para reagir tão normalmente a uma briga tão sangrenta — Murmurou braston se inclinado para encarar a garota, até Matheus começar a empurra o balanço, molly o encarava com r**o de olho, ele não tinha a mínima ideia do motivo, mas isso não tinha importância. — Claro que não, é uma criança pura e boba, a mãe cafe'tina apesar de ser o que é, ela tem dado uma criação exemplar a Molly — Mas então? — Ok, ela está acostumada, eu e Caio brigamos feito cão e gato. — Vocês são um bando de animais, como conseguem brigar em frente a uma menina tão fofa, vai traumatiza-la — Ei! fique longe dela — sua expressão esfriou. — Está louco? eu mato homens da índole que você está pensando, acha que me interessaria por uma criança? que nojo! mas não garanto quando ela fizer 18, você sabe garotas viram mulheres — Disse Braston indiferente, seguindo até entrada da mansão para ir embora.— Volte para casa, você não vai brincar de balanço por toda a vida com ela, pode ser que um dia... — Um tiro foi disparado contra a parede próximo a ele que engoliu em seco. — Está louco? quase me acertou! — Se vier com essas asneiras, eu não vou errar — Ameaçou, ele apenas sorriu e foi embora. ° se passaram 7 anos (agora) Madson Molly cortês hoje tem 17 anos, irmã caçula de Caio e Matheus, assassinos profissionais do falecido Teodoro, madson é considerada como uma cópia de sua mãe, 1,70 de altura, olhos castanhos claros, cabelos castanhos naturalmente liso encaracolado nas pontas que alcançava a altura da sua cintura. Na flor da idade se tornou uma moça atraente e com distribuição corporal perfeita, e isso aumentou ainda mais a cautela de seus irmãos, criada desde pequena com valores diferentes nelhum deles aceitou que seu pai negociasse sua Liberdade lhe entregando a casamento forçado a alguém. E hoje a casa estava um caos após a notícia da morte do capô Teodoro, Madson Molly perambula pela casa em meio ao caos, sobe e desce escadas visitando cada me'mbro da família, seu pai vagueia impaciente pela sala com o celular na mão fazendo ligação atrás de ligação, sua mãe arruma suas coisas tirando uma pilha de cosméticos do guarda roupa da garota colocando tudo em uma mala grande, sua mãe é bastante vaidosa além de ser cafe'tina da máfia, mesmo contra vontade de seu marido, mas a sua persuasão é imbatível porque queria cuidar daquelas garotas negligenciadas e sem casa ou família. Apesar dos homens cortês serem conhecidos e temidos, ninguém sabia quem era sua esposa ou se tinha filha, elas eram mantidas em segredo para a segurança das mesmas. — O pai sabe o que vai acontecer se ficarmos, por isso temos que ir antes que a guerra comece — Começou seu irmão do meio Caio, a contar com voz de Receio mesmo que tentasse disfarçar, Caio é o irmão do meio de três irmãos, 24 anos e tinha alguns anos de experiência no mundo da máfia, e Madson ouvia os irmãos atrás da porta secretamente. — Eu sei — confirmou Matheus indiferente, o filho mais velho e m*l-humorado, 29 anos, porém nenhum deles eram casado, conseguiram fugir dos casamentos arranjados, mesmo que fosse benéfico para a sua família, ainda assim caio tinha seus segredos em relação a isso. — Devíamos ter nos unidos a outra máfia — Resmungou Caio — Você sabe que isso significa morte, a não ser que fosse uma aliada, mas a mesma que era aliada é a que vai começar a matar todos devido a uma dívida bilionária de Teodoro — Aquele infeliz! mas falo sobre nós unir em casamento, se tivéssemos feito estaríamos livres agora. — Mas somos precavidos, não vamos esperar eles fecharem todos os buracos, vamos para o esconderijo e pensaremos melhor no que fazer — Continuou Matheus a arrumar suas malas enquanto a irmã os vigiava, pela brecha da porta. — Apenas entre irmãzinha, sabe que é difícil conseguir me vigiar sem que eu perceba — Avisou ternamente mostrando que a viu ali, Matheus era rigoroso com todos, madson era a única que tinha seu lado gentil, Ela era como seu tesouro, a menina o encarou timidamente em seguida entrando. — Já disse para não ficar a espreita — A alertou lhe dando um abraço apertado que a fez reclamar de dor, seu irmão mais velho é alto e bruto, Matheus além de perigoso, tinha porte de soldado suas tatuagens escondidas por baixo da sua camisa social quando reveladas o deixava ainda mais sombrio, seu rosto parecia sempre de alguém m*l-humorado, mas Sempre forçava um sorriso para sua irmã, caio não era tão diferente, só era mais jovem e um pouco mais magro, menor e sua expressão era mais gentil, mas isso não o tornava raquítico, ambos adoravam e protegiam a sua irmã. — O que está acontecendo? — perguntou molly mesmo já sabendo, se sentando em sua cama para lhe ajudar a dobrar suas roupas ainda empilhadas, porém madson adorava se fazer de desentendida em relação a organização dos seus irmãos para não ser enfiada no meio da bagunça. — Na verdade, é o que vai acontecer — Matheus A corrigiu voltando a esvaziar o guarda-roupa. — Ei, pequeno pêssego — Disse seu irmão mais novo caio se levantando da poltrona e se sentando do seu lado na cama, inclinou seu rosto em seu cabelo e fungou — ahh... Isso sim! É um cheiro incrível, vontade de morder e arrancar um pedaço — Disse de forma séria, fazendo sua irmã levar a sério. — ah! Você não pode fazer isso — Empurrou seu rosto. — Mas o cheiro dessa fruta... a mãe tem que parar de fazer estoque desse shampoo qualquer dia você vai ser canibalizada — Fez segurando o riso. — Esse é meu favorito, vocês sempre reclamam — Resmungou bicuda. — Normalmente parece uma droga, às vezes me dá ânsia de vômito e outras vezes eu sinto que pêssego e minha fruta preferida, mas eu nem como essa fruta — Comentou Matheus sem os encarar. — uhm… eu também nunca comi pêssego, parece ser uma fruta difícil por aqui — Mas em compensação você cheira a essa fruta da cabeça aos pés — completou, enquanto Caio continua segurando a ponta dos cabelos da irmã sobre o nariz.— A mãe te dar um monte desses cremes, pode contrabandear uns para mim? — Perguntou Caio pensativo. — Eles são para meninas — Eu sei, se eu ganhar uns desses eu com certeza pensarei para qual garota eu posso dar — explicou, mas ele já tinha alguém em mente. — Apenas compre alguns — Sabemos que não tem aqui no Brasil, desde que você disse gostar deles, nossa c******a sempre compra em caixas para você, perfumes e cremes com esse cheiro — Está apaixonado irmãozinho? A essa altura do campeonato querendo presentear alguma mulher?... — perguntou Matheus com a voz arrastada e cautelosa apertando o ombro do irmão o fazendo se contorcer de dor como se tivesse falado algo errado. — Não...! — urrou puxando a grande mão do irmão do seu ombro como se fosse um gancho o perfurando — Não estou pensando nisso agora... Me solta! — tentou se livrar. — Theus! Solta! — Pediu sua irmã também tentando tirar sua mão ajudando seu irmão, mas os dois não tinham força para aquele homem de dois metros e intimidador. — Ok... Mas casamento é um assunto proibido aqui — concluiu obedecendo ao pedido da sua irmã. — Aconteceu! — Gritou seu pai entrando bruscamente no quarto, ambos os irmãos ficaram em silêncio. — Todas as contas foram bloqueadas, a máfia sul está começando a caçar nossas cabeças — Avisou trêmulo tentando manter a calma. — Já está tudo pronto, vamos apenas sair — Avisou Matheus sem demonstrar emoção, pegando seu fuzil em cima do guarda-roupa, entregando uma também ao seu irmão. — chame os empregados para descer com as malas e saímos no carro forte até o subsolo, se bloquearam as contas, não temos como sair da cidade. — Matheus, não temos como sair da cidade, eles já fecharam tudo, não sei quantos dias vamos conseguir ficar escondidos, eu serei um dos primeiros a ser caçado por ser braço direito de Teodoro. — Afinal é só a máfia sul que está começando uma guerra? — perguntou ele pensativo enquanto Caio e Madson apenas prestavam atenção, Lincoln pai de madson era sottocapo de Teodoro e assim sucessor, mas devido a sua dívida o capo da máfia sul está quitando a dívida matando todos da sua organização. — Sim, foi o que informaram — Então a máfia da cidade leste não vai se unir a eles, certo? — Você sabe que não, afinal... — interrompeu a fala engolindo em seco ao encarar Madson que estava assustada.

editor-pick
Dreame-Editor's pick

bc

Chega de silêncio

read
2.8K
bc

Atração Perigosa

read
10.1K
bc

Atraída por eles.

read
67.5K
bc

O NOVO COMANDO HERDEIROS DO ALEMÃO ( MORRO)

read
15.2K
bc

INESPERADO AMOR DO CEO

read
54.1K
bc

Querido TIO.

read
11.5K
bc

O plano falhou: O Retorno da Filha Abandonada

read
9.2K

Scan code to download app

download_iosApp Store
google icon
Google Play
Facebook