bc

Meu Anjo vol3

book_age18+
1.5K
FOLLOW
15.3K
READ
reincarnation/transmigration
HE
brave
police
neighbor
heir/heiress
drama
bxg
musclebear
like
intro-logo
Blurb

Isabella Rabello e Guilherme Backer, dois amigos de infância, mas essa amizade aos poucos se transforma em um lindo amor um pelo outro, mas o medo de perder a amizade faz com que ambos guardem esse sentimento para si, pois preferem sofrer por amor, do que perder a amizade que eles têm.

Ela tem vinte e três anos, está no último ano na faculdade de direito, seu sonho é ser uma grande advogada como seus dois avós, Oliver Cooper e Michael Rabello. Bella, uma menina doce, porém estressada, e quem mais irrita ela, é Guilherme. Por não amar seu namorado, resolve terminar, antes mesmo de apresentar ele ao seu pai, e uma coisa que ela achou que seria fácil, se tornou difícil, pois ele ameaça a matar todos que ela ama, inclusive seu amor grande amor.

Ele também com vinte quatro anos, policial como seu pai, um detetive da homicídios, seu parceiro e amigo de trabalho é Ethan Rabello, esses dois juntos formam a melhor dupla de detetives da homicídios. Morre de ciúmes de Bella, mas não assume seus sentimentos.

Até quando eles vão conseguir segurar esse amor, essa paixão avassaladora que um sente pelo outro? Venha conhecer Bella e Guilherme e sua linda história de amor,

chap-preview
Free preview
Capítulo 1
Capítulo 1 * Isabella Narrando Estou na faculdade, falta pouco para eu me formar, exatamente dois meses, não vejo a hora de acabar, estou muito cansada, faço estágio durante o dia na empresa do meu avô Oliver e meu tio avô James, e que agora é comandada pelos meus Tios, e faço faculdade a noite, minha vida é uma correria, mas eu amo assim mesmo. Estou morrendo de saudades do meu pai, Ethan e Guilherme, os três foram convocados pelo exército para uma missão, e isso já tem sete meses, e nem nos comunicando estamos. Agora me perguntam, por que eles foram convocados pelo exército sendo que são detetives da homicídios? Simplesmente porque os três tem treinamentos muito avançados, por sorte Nathan também não foi convocado, ele também tem treinamentos. Minha mãe chorou muito no começo, eu e Théo que consolamos ela, agora ela não chora mais, mas sente muita falta, eu também sinto muita falta do meu pai, meu pai é meu tudo, até hoje ele me trata como sua princesinha, minha mãe diz que ele falou tanto do meu avô, que está igualzinho. Também sinto falta do i****a do Ethan, ele pentelha o meu juízo, mas eu amo, ele é meu irmão, me irrita, mas eu amo, e o Guilherme, como eu sinto falta dele, até de quando ele enche meu saco, eu sou apaixonada por ele, Gui é lindo, tem um corpo que foi desenhado por Deus, mas sabe aquele amor que não foi feito para você? Esse é meu caso, ele é meu amigo, me trata como amiga e gosta de mim como amiga, fazer o quê quando o amor não é recíproco. Sei que vou ter uma família no futuro, mas não será com a pessoa que eu amo de verdade, pois quem eu amo, não me ama. Acabou minha última aula, estou morta de cansada, vejo Maike, meu namorado, mas está quase sendo ex, eu não gosto dele, tentei dar uma chance para ver se eu tiro Guilherme da minha cabeça, mas não deu certo, acho que eu nunca vou conseguir esquecer o Gui, na verdade nem dá, ele é lindo e gostoso demais para ser esquecido assim. - Oi gata, vamos para minha casa hoje? – Maike sugere. - Maike, já falamos sobre isso, eu ainda não estou preparada, e só temos dois meses de namoro. – Falo. - p***a Isabella, e qual o problema disso, me diz? - O problema é que eu ainda não estou preparada, Maike - Não precisa de preparação para abrir as pernas. – Disse com raiva. - Quer saber Maike, vai se f***r, acabou, chega eu não aguento mais você, some da minha frente e vai caçar alguém para abrir as pernas para você, seu i****a. – Grito e saio o deixando lá falando sozinho. Entro no meu carro e sigo direto para casa, estou cansada e essa conversa me irritou. Chego em casa e ouço um falatório, e aqui em casa ultimamente está calmo de mais, Théo hoje não foi para a faculdade, está passando m*l, e adivinha? Ele faz medicina, ainda não está no hospital, falta bastante para isso ainda, e minha mãe sempre nos espera vendo um filme, mas hoje a casa está movimentada, meu avô deve estar aqui. Assim que abro a porta vejo meu pai abraçado com minha mãe, eu não acredito que ele está aqui, com a gente de novo, ele está usando um uniforme do exército. - Pai? – Falo sem acreditar. Ele me olha e sorri. - Minha princesa. – Ele fala e eu corro para abraçar ele e matar a saudade. - Que saudade pai. – Falo assim que eu o abraço. - Eu também estava morrendo de saudades de você, bebê do papai. – Diz ainda me abraçando e dando um beijo em minha cabeça. - Pai, pelo amor de Deus, eu tenho vinte e três anos, faço vinte e quatro daqui a dois meses, acho que já estou bem grande para ser chamada de bebê. – Digo se soltando do abraço. - Você vai ser minha eterna bebê, minha Belinha. – Diz sorrindo. - Eu não sabia que um metro e meio era tamanho de gente adulta. – Ethan fala vindo em minha direção. - Você m*l chegou e já está me irritando, seu i****a. – Falo e dou um abraço no meu irmão. - Eu também senti sua falta, baixinha. – Diz. - Quem disse que eu senti sua falta? Se enxerga garoto, por mim você poderia ter ficado por lá. - Duvido, sei que chorou sentindo saudades do seu irmão mais lindo e gostoso. - E dá onde que você é lindo e gostoso? - Todas falam, admite que eu sou lindão? – Fala passando a mão pelo seu corpo. - Ethan, no seu apartamento não tem espelho não, você é lindo de onde garoto? - Bella, seu irmão é lindo sim, lindão da mamãe. – Minha mãe fala o abraçando. - Só não é mais lindo que eu. – Théo fala se achando. - Os três são lindos, eu que fiz. – Meu pai diz todo sorridente. – Bom, eu trouxe pizza, vamos comer, porque eu estou doido para pôr a conversa em dia com minha linda esposa. – Fala e pisca para minha mãe que sorri toda sem graça. Fomos para a cozinha, meu pai trouxe pizza de vários sabores, e eu comi igual um dragão, é comida eu mando para dentro, eu não tenho frescuras não. Comemos conversando, eu estava abraçada com o mala do Ethan, ele me irrita, mas como eu disse eu amo meu irmão. Théo já estava melhor, então comeu pizza também. A conversa com ele estava ótima, mas eu queria muito saber o Gui, quero saber se ele voltou também, se está tudo bem com ele, estou louca para ver ele, e abraçar, mesmo que seja como amiga, mas não posso simplesmente perguntar por ele assim. - Meu pai acabou de me responder, marcou um churrasco amanhã no almoço com todos. Mandou dizer que está louco para ver o Ethan e o mala do meu marido. – Minha mãe fala. . - Meu sogro me ama, só não admite. – Meu pai diz se levantando. - E na mensagem aqui diz, Mili dorme hoje com a Bella. – Minha mãe volta a falar e mostra a mensagem para ele. – Meu pai não tem jeito. - Você não vai nem dormir, piorou dormir com a Bella. . - Bernardo, para de falar o que não deve na frente dos seus filhos, e avisa o Nathan sobre o almoço de amanhã. - Meu amor, até parece que esses dois aqui são santos. – Meu pai fala apontando para o Ethan e o Théo. - É mesmo meu amor, mas nós dois não temos dois filhos e sim três, e a Bella também não é nenhuma santa. – Minha mãe fala. - Não fala da minha princesinha não, na Bella ninguém toca. . - Hummm, conta para o papai Bella, o que a princesinha dele anda fazendo. – Théo fala sobre o Maike, pois eu comecei a namorar tem dois meses e eu pai ainda não sabe, e nem precisava saber, já que eu acabei de terminar meu namoro. - Isabella, do que eles estão falando. – Meu pai questiona. - Pai, eu estava namorando, mas não se preocupa, acabei de terminar o namoro. - Você o que Isabella? – Meu pai levanta exaltado da mesa. - Bernardo, pelo amor de Deus para que isso tudo, ela já vai fazer vinte e quatro anos, uma hora isso iria acontecer. Mas minha filha, ainda bem que você terminou, não gostei dele. – Minha mãe fala. - Ela é a minha bebê. Isabella, esse garoto teve sorte de você te dado um pé na b***a dele, se não ele iria levar é um tiro no meio da cara. Milenna, você não deixou ele dormir com minha princesinha não né? - Não Bernardo. – Minha mãe responde. . - Relaxa pai, eu nunca dormir com ele, ou fiz qualquer outra coisa que esteja na sua cabeça. Está mais calmo agora? - Estou. Graças a Deus. – Responde. – Bom, está ficando tarde, e eu realmente preciso colocar sete meses de conversas com a mãe de vocês em dia. – Meu pai fala fazendo a gente ir. - Ethan, Théo, dorme aqui hoje filhos? – Minha mãe pede fazendo biquinho. Ethan e Théo dividem o apartamento, eles moram no apartamento que é do meu pai. . - Dormimos mãe. – Respondem fazendo ela sorrir. Me despeço dos meu irmão e subo para o meu quarto, estou ansiosa para esse almoço amanhã, tomara o Gui vá no churrasco amanhã, estou com muitas saudades dele. .

editor-pick
Dreame-Editor's pick

bc

INESPERADO AMOR DO CEO

read
36.5K
bc

Chega de silêncio

read
2.3K
bc

Atração Perigosa

read
8.5K
bc

Atraída por eles.

read
59.3K
bc

O NOVO COMANDO HERDEIROS DO ALEMÃO ( MORRO)

read
14.1K
bc

Querido TIO.

read
9.6K
bc

O plano falhou: O Retorno da Filha Abandonada

read
8.8K

Scan code to download app

download_iosApp Store
google icon
Google Play
Facebook