bc

O Contrato

book_age18+
11.8K
FOLLOW
60.1K
READ
playboy
powerful
CEO
boss
office/work place
friends with benefits
office lady
seductive
like
intro-logo
Blurb

Samantha smith é uma moça de 22 anos e acabou de sair da faculdade de administração, suas notas foram a melhor da classe, inteligente, linda, seu sonho é trabalhar na Price Company e conseguiu a vaga com seu currículo impecável.

Ethan Price 26 anos e um CEO arrogante e teimoso, é o presidente e herdeiro das várias empresas espalhadas pelo mundo, odeia que questionam suas ordens.

Ela é linda, inteligente e educada, mas não pense que ela aguenta tudo calada.

Ele é arrogante, m*l humorado, e muito sexy

Oque será que vai acontecer com esses dois? Um é fogo e o outro é brasa, um é amor o outro puro ódio.

chap-preview
Free preview
O pai do ano
SAMANTHA . . Olá, me chamo Samantha smith e tenho 22 anos, acabei de terminar a faculdade de administração e estou muito empolgada em arrumar um trabalho. Eu era jovem aprendiz em uma empresa no centro de Seattle, não era o emprego dos sonhos, todo mundo me odiava e não sei o porquê até hoje, de tanto pegarem no meu pé resolvi pedir demissão. Mandei meu currículo para a melhor empresa de Seattle a Price Company é meu sonho trabalhar lá, estou ansiosa por uma resposta. Vou falar um pouco sobre mim, sou morena, cabelos lisos até a cintura, tenho olhos castanhos, cintura fina e quadril largo e a b***a é normal. Minha melhor amiga Carol trabalha de secretária em um consultório odontológico e é muito doida, faz piada o tempo todo, o humor dela contagia todos a sua volta. Minha mãe morreu a seis meses de câncer, ela era linda, amorosa, uma mãe maravilhosa e até agora não superei. Depois que ela ficou doente meu pai caiu na bebida e se afundou, minha mãe piorou vendo ele cair assim, tento ajudar mas ele fala coisas horríveis para mim e não sei oque fazer. . . Acordo com meu celular tocando, me remecho na cama tentando encontrar, me levanto a procura dele, encontro na minha cômoda e vejo que é Carol minha amiga. . Sam:_ Oi Carol. . Carol:_ Oi Sam, quero te falar uma coisa, mas por favor se acalme tabom? . Sam:_ Você está me assustando Carol, fala de uma vez. . Carol:_ É seu pai Sam, ele está na delegacia, foi preso. . Sam:_ Como é? Oque ele fez? . Carol:_ Eu não sei amiga, eles me ligaram dizendo que ele foi preso, tinha nossos números na carteira, te ligaram mas você não atendeu. . Sam:_ Eu fui dormir tarde mandando currículos para as empresas, só escutei quando você ligou, eu vou atrás dele amiga, depois se falamos. . Carol:_ Estou saindo de casa agora, daqui dez minutos estou chegando aí, esteja pronta. . . Vou me arrumar correndo, coloco uma calça jeans justa, uma regata branca e jaqueta jeans, escovo os dentes e vou para fora de casa esperar Carol chegar, eu poderia ir com meu carro mas ela é teimosa. Um carro vem rápido e com uma música que dá de ouvir a um quarteirão, imagina quem deva ser? Isso mesmo, a louca da minha amiga, ela ama chamar a atenção, é uma doida de pedra. . . Carol:_ entra aí cachorra que nos vamos passear .. ver uns homens de farda, amooo. ela fala gritando . Sam:_ Cala boca Carol, não me mata de vergonha sua cretina. . . Entro no carro dela, coloco o sinto e a doida acelera o carro como se fosse uma corrida, vai fazendo palhaçada o caminho até a delegacia, talvez esteja só tentando me acalmar, ela é uma ótima amiga. Carol é linda, loira de olhos azuis, corpo perfeito, coração dela é enorme sempre pronta para ajudar qualquer um que pedir ajuda dela. Ela namorou um cara que eu odiava o marcos, a gente sempre discutia, ele traía ela com uma colega do trabalho, Carol foi fazer uma surpresa na casa dele, arrumou a casa para esperar e quando ele chegou estava aos beijos com a garota. Carol quebrou o nariz dele e deu um chute naquele lugar, ela ri até hoje com isso. Chegamos na delegacia e fico com medo de entrar, do que vou ver lá dentro, oque ele aprontou dessa vez? subo as escadas tremendo, entro e vou direto ao balcão. . Sam:_ Bom dia, meu pai foi preso e gostaria de vê-lo, nome dele é Richard smith. . Policial:_ Um momento, irei olhar no arquivo. . _ Siga nesse corredor, a segunda porta a direita, sela 23 . Sam:_ muito obrigada. . . Eu e Carol vamos em direção ao corredor, entramos na porta e tem várias selas, é assustador estar no meio dessas pessoas, ladrões, estrupadores, assassinos. Oque meu pai fez para estar aqui? Cada dia que passa ele me envergonha mais, vai chegar um momento que não vou mais ajudar. Chegamos na sela 23 e oque eu vejo despedaça meu coração, meu pai todo sujo, com cheiro de bebida e urina, deitado na cama. . . Sam:_ Pa.. pai? falo com a voz embargada do choro . . Ele olha pra mim e sorri, não é felicidade em me ver, é um sorriso presunçoso de como que queria estar ali, eu não reconheço mais esse homem. . . Richard:_ Oque está fazendo aqui garota? . Sam:_ Vim passar mais uma vergonha por sua causa, até quando vai ficar fazendo essas merdas? . Richard:_ Oque eu faço não é da sua conta garota mimada, você é perfeita não é? inteligente, educada, ajuda esse seu pai quebrado, você puxou a sua mãe, e é por isso que te odeio, odeio olhar pra você e ver ela. . . Ele joga essas palavras com olhar de nojo e desprezo, querendo que eu sofra, quer ver na minha cara que desisto dele, é isso que ele quer, que eu desista. . -Sam:_ Eu não vou desistir de você Richard, eu vou te levar para sua casa. . -Richard:_ Vai embora garota, não quero sua ajuda, eu odeio você. . . Saio de lá chorando, indo em direção a balconista que me atendeu, vou pagar a fiança desse velho e vou para minha casa chorar até dormir. Pago a fiança dele e logo vâo buscar o m*l agradecido, ele vem em minha direção sem nenhum remorço, é um olhar vazio, e isso me dá arrepios. . . - Eu falei que não quero a sua ajuda garota, some da minha vida, é a última vez que eu te aviso. . Sam:_ Eu tenho vergonha de você, mamãe teria vergonha de você, não passa de um velho que quer afogar as mágoas na bebida e fazendo merda, vê se cresce seu i****a, eu não te reconheço mais, vai chegar um momento que você estará jogado na valeta e não irei ajudar, você vai ficar ali, sabe porque? porque você quis isso, não eu, tentei trazer meu pai de volta mas ele morreu junto com minha mãe. . Richard:_ Como ousa falar assim comigo sua pirralha? eu sou seu pai . Sam:_ Não você não é, você é um bêbado de merda, faça oque quiser da sua vida infeliz, eu vou começar a viver a minha sem me preocupar com a sua, adeus. . . Pela primeira vez desde que minha mãe morreu, eu vejo remorço nos olhos dele, e sei que lá no fundo meu pai ainda não morreu, eu ainda posso ajuda-lo mas ele precisa querer minha ajuda também. . Sam:_ Vamos embora Carol. ela assente com a cabeça e saímos de lá correndo em direção ao carro. . Richard:_ Desculpa minha filha, eu sou um homem quebrado, você não pode me ajudar, eu mereço estar assim por fazer você sofrer depois de tudo que passou. Ele sussurra para ele mesmo. . . . ETHAN . Olá, vim me apresentar, me chamo Ethan Price, sou herdeiro da Price Company e temos mais de 50 prédios espalhados por todo o mundo. Nossa fortuna pode deixar a nossa família sossegada por muitas gerações, minha família é unida, eles são simples apesar de todo o dinheiro, eu já gosto de esbanjar, ter carros de luxo, gastar em baladas e com mulheres. Tenho um irmão dois anos mais novo o Josh, ele trabalha na empresa também, no setor de finanças, ele fez faculdade e é o mais certinho de nós dois. Eu sou a ovelha n***a como a maioria da minha família me denomina, eu gosto de ser a ovelha n***a, assim todos me respeitam, ninguém se atreve a me contrariar na empresa, já minha família faz isso para que eu fique nervoso. . . Acordo com meu despertador tocando, são 6:00 levanto fazer minhas higienes matinais, coloco meu terno e desço tomar café. Desço as escadas e encontro dona Ana, minha governanta. . . Ana:_ Bom dia meu filho, por que acordar tão cedo? . Ethan:_ Bom dia dona Ana, por mais que eu seja rico eu tenho que trabalhar, chegar na mesma hora que todos para ter o respeito. . Ana:_ Tá certo meu filho, você faz bem, vem tomar seu café, tem tudo oque você gosta. . Ethan:_ Você sempre sabe oque eu gosto dona Ana, por isso você é minha preferida. falo brincando . Ana:_ Eu sou sua preferida porque sou a única que te aguenta rapaz. ela ri . Ethan:_ Mais olha que abusada, eu sou um amor dona Ana. faço cara de cachorro abandonado pra ela. . Ana:_ Você não me ganha com essa cara de cachorro que caiu da mudança meu menino, eu sei que você tem um coração bom, é um menino de ouro, só se esconde nessa carcaça para se fazer de m*l, eu vejo nos seus olhos que você não é oque aparenta. . Ethan:_ Pessoas boas só levam na cabeça, você precisa ser frio para as pessoas te respeitarem. . Ana:_ Eu concordo com seu ponto de vista, mas mostrar quem você realmente é, também te torna respeitado, porque eles sabem quem você é. . Ethan:_ Obrigada pelo café, como sempre estava delicioso dona Ana, mas agora preciso ir. . . Dou um beijo em sua testa e saio da minha cobertura indo para o elevador, abro a porta do meu porsche preto e saio para a empresa. No meio do caminho paro com o sinal vermelho, do nada aparece um carro com som alto e duas mulheres dentro. Uma é totalmente doida dizendo que vai ver homens com farda e a outra é linda, está olhando pela janela e parece com vergonha da outra, eu também teria. Saio da minha análise e o sinal verde mostra para eu seguir em frente, vinte minutos depois chego na empresa, sete em ponto como sempre, eu sei sou perfeccionista até nisso. Entro no elevador indo para o último andar. Saio do elevador e quando todos me vê abaixam a cabeça, é assim que eu gosto, respeito é a base de tudo. Ando com a cabeça erguida até minha sala, abro a porta e vejo meu irmão na minha cadeira, vou socar a cara dele. . . Ethan:_ Oque tá fazendo na minha cadeira seu cretino? vaza daí antes que te soco a cara. . Josh:_ Que isso irmãozinho, vim te dar um beijo de bom dia. ele faz bico . Ethan:_ Cala boca Josh, oque quer? . Josh:_ Papai pediu para você olhar as novas candidatas dessa vez, como você mandou mais uma secretária embora ele mandou você se virar e achar uma adequada para a função. . Ethan:_ Quinhentas pessoas trabalham nesse prédio e nenhuma pode contratar uma mera secretária pra mim? isso é o cúmulo. fico irritado . Josh:_ Só esse mês você dispensou dez secretárias Ethan, ninguém te suporta, você é muito ranzinza meu irmão. . Ethan:_ Cala boca Josh, vaza da minha sala . Josh:_ Beleza maninho, mas não esqueça esse serviço agora é seu. ele pisca e vai saindo da minha sala . . Pego uma caneta e jogo em sua direção, ele fecha a porta na hora esse merdinha. Era só oque me faltava ter que contratar uma secretária, meu pai faz isso de propósito para me irritar. Abro meu notebook e vejo oque tenho que fazer hoje, eu preciso de uma secretária urgente - p***a Abro a pasta de currículos, e vou olhando as candidatas, seis me chamaram a atenção por um currículo impecável, mas um nome me prendeu, Samantha smith, gostei do nome. Mas irei chamar as seis para entrevista, todas são fortes candidatas, o restante dos currículos dispenso. Mando o e-mail para as felizardas mandando vir a tarde para a entrevista, agora vou para a reunião com os acionistas para falar sobre a nova campanha de marketing. . . .

editor-pick
Dreame-Editor's pick

bc

Casamento por contrato vol 2

read
1.2K
bc

Querido TIO.

read
6.8K
bc

INESPERADO AMOR DO CEO

read
34.0K
bc

Atraída por eles.

read
45.8K
bc

O NOVO COMANDO HERDEIROS DO ALEMÃO ( MORRO)

read
13.4K
bc

Tigre 2: Entre amores e desafios

read
5.8K
bc

Destinados

read
2.3K

Scan code to download app

download_iosApp Store
google icon
Google Play
Facebook