bc

A Ceo e o dono do morro

book_age18+
929
FOLLOW
3.6K
READ
arrogant
goodgirl
independent
CEO
drama
tragedy
city
others
crime
colleagues to lovers
like
intro-logo
Blurb

Roberta é uma mulher adulta que conquistou todos os seus sonhos muito nova e lida com a pressão de ser uma Ceo,ela e sua irmã de criação Roberta nasceram e cresceram na favela da Rocinha e quando era muito novas sua mãe faleceu seu pai fez de tudo para criar as duas sozinho e conseguiu,aos vinte e quatro anos ela é dona de sua própria empresa e sua irmã e melhor amiga aos vinte e três anos é uma excelente advogada bem sucedida as duas agradece os esforço de seu pai até hoje,elas tinham dois melhores amigos o Diego e seu inseparável amigo Miguel eles se separaram aos 18 anos quando elas foram pra faculdade e desde então não se viram mais,até o momento m*l eles sabem que suas vidas vão lhe surpreender e muito

Rafaela sempre foi muito apaixonada pelo Diego mas sempre teve medo de perde sua amizade,Diego por sua vez era louco nela mas nunca teve coragem de se assumir

Roberta sempre arrastou uma bonde pro Miguel,que sempre gostou dela também mas nunca assumiu,já ficaram umas vezes mas nunca encataram nada sério também

Diego tem vinte e quatro anos e é dono da Rocinha temido e respeitado por todos,Miguel é seu braço direito e tem vinte e três anos,os dois juntos comandam toda a favela e m*l sabe que suas amadas estão voltando pra ficar e pra bagunça suas vidas nada pacata

chap-preview
Free preview
1° capítulo- Rafaela souza
Rafaela souza me chamo Rafaela tenho vinte e quatro anos sou dona de uma grande empresa de excelentes advogados desde muito nova comecei a trabalhar como modelo junto com minha irmã Roberta então fui juntado dinheiro e claro como eu morava fora do Brasil foi super fácil ter tudo que tenho hoje pois a condições de lá de fora são bem melhores que aqui,eu e minha irmã viemos pra fora do Brasil eu tinha dezoito anos e ela dezessete viemos estudar ganhamos uma bolsa de estudo e ficamos de vez aqui fizemos nosso pé de meia mas como já estamos longe por tempo demais resolvemos fazer uma surpresa ao nosso pai que ainda mora na Rocinha,sim nascemos e crescemos na Rocinha tínhamos dois ótimos amigos o Diego e o Miguel eramos completamente apaixonadas por eles,mas nunca assumimos nada Roberta e Miguel ficavam as vezes mas nada sério sempre que íamos pro Brasil ficamos no nosso apartamento pois sempre tinha guerra lá e meu pai não gostava muito que fossemos lá no morro ele estava sempre escondendo algo mas dessa vez vamos direto pra casa dele,sempre víamos como as mudanças lá dentro acontecia e estamos preparadas para enfrenta nossa realidade afinal somos crias de lá,e vamos voltar pra ficar montei uma empresa lá no rio de janeiro e de lá não saio mais meus sócios iram ficar no comando daqui,minha irmãzinha é fruto de uma amizade dos meus pais,os pais dela morreram quando ela era bem novinha e como éramos inseparáveis meus pais adotaram ela e estamos juntas até hoje meu pai sempre fez das tripas e coração para nós criar quando nossa mãe faleceu de câncer,ela teve ajuda da tia Paola mãe dos meninos,ela se tornou uma linda mulher uma excelente profissional e bem chatinha também como todas as irmãs caçulas,mas conversa a parte estou agora preparando minha mala pra voltarmos de vez pra casa,mas antes de irmos embora vamos ligar pro meu pai e ver como estão as coisas por lá e se ele resolve nos falar algo e vamos aproveitar e fazer as últimas comprinhas baratinhas,porque no Brasil é tudo o olho da cara a fortuna que fizemos aqui vai acabar rápido lá se não soubermos controlar,estava jogada na cama e o furacão Roberta chegou se jogando na minha cama Rafaela- meu deus Roberta vai quebra minha cama mulher Roberta- tá me chamando de gorda sua vaca?vamos logo ligar pro papai senão ele começa desconfiar e amanhã essa hora estaremos lá em casa se Deus quiser Rafaela- vamos chamada de vídeo on. Rafaela- bença pai como o senhor está? Roberta- bença pai saudades pai- deus abençoe minhas meninas,também estou morrendo de saudades estou bem e vocês,já estão na cama pra dormirem? Rafaela- já sim temos compromisso de manhã cedo com nossos sócios,só ligamos mesmo pro senhor não se preocupar Roberta- aí em casa esta calmo? pai- porquê a pergunta?- pergunta estranhando Roberta- será que é porque o senhor está morando sozinho e estamos a quilômetros de distância e o senhor é nosso pai?- diz debochando pai- não se preocupem desde quando os meninos assumiram não tem mais aquelas violências todas não Rafaela- que meninos pai?- pergunta estranhando pai- ainda não se sabe quem são ao certo mas já tem grandes melhoras por aqui,mas vão dormi aí já tá tarde demais beijos fiquem com deus minhas bebês deus abençoe as duas Rafa/Roberta- bença fica com Deus chamada de vídeo off.. Roberta- ele definitivamente está nos escondendo algo Rafaela- está mesmo mas bora senão iremos chegar atrasadas Roberta- vamos em vôo normal ou jato? Rafaela- jato,aí quando amanhecer lá vamos subir o morro espero que nos deixem entrar pegamos nossas malas e levamos até o carro o motorista nós ajudou a coloca tudo na mala e nos levou ao aeroporto,o trânsito estava meio engarrafado New York nunca dorme,uma horinha depois chegamos no aeroporto o nosso motorista nós ajudou com as malas botando já no jato nós despedimos dele e nos sentamos nos nossos lugares,logo pegamos no sono e acordamos com a aeromoça nos chamando,pegamos nossas bagagens descemos e já tinha um motorista nós esperando lá fora,ele nos ajudou com as bagagens e fomos em direção ao hotel não queríamos que nosso pai soubesse que estamos em casa,e ir pro nosso apartamento nosso pai saberia com certeza já que ele pegou amizade fácil com o pessoal de lá,descemos fizemos nosso check-up,subimos pro nosso quarto tomamos um belíssimo banho caímos na cama e dormimos,já estava de noite quando acordamos então tomamos um banho e fomos comer alguma coisa depois fomos dar um volta pela cidade e estava tudo muito mudado passamos de táxi em frente e Rocinha mas não vimos ninguém conhecidos seguimos pro hotel e fomos tomar um banho deu uma certa hora nosso pai ligou mas dessa vez foi chamada normal conversamos e fomos dormi.. dia seguinte.. Acordo com Roberta me balançando me chamando pra tomar café da manhã,levantei fiz minhas higiene pessoal e fomos tomar café na varanda e a vista pra praia está simplesmente maravilhosa do jeito que nosso belíssimo rio de janeiro é lindo, tomamos banho nos arrumamos fiz uma make leve botamos uma roupa de trabalho e fomos no nosso novo escritório era lindo perfeito estava tudo exatamente do jeito que queríamos ,andamos um pouco pela praia e voltamos pro hotel tomamos banho e fomos pro morro,pegamos um táxi que nos deixou lá na entrada tinha uns meninos que estavam na passagem eles não falaram nada só nos observaram enquanto subimos e deu pra ver um deles falando no rádio Roberta- todos ficaram olhando,viu um falando no rádio- falando baixinho comigo Rafaela- é porque provavelmente não nos conhecem ou não se lembram de nós- respondi continuamos andando e fomos pro restaurante do nosso pai que graças a deus estava bem cheio e tinha uns cara armados lá esperando pra serem atendidos e dois deles ficaram nós olhando fixamente igual que conhecíamos eles Roberta- por um momento achei que era Diego e Miguel,mas eles devem está longe daqui né- diz olhando prós caras Rafaela- verdade,vamos papai está vindo nos sentamos e cobrimos nosso rosto um pouco e ele passou por nós e não nos conheceu resolvemos levantar e chamar a atenção dele e de todos claro porque Roberta é escandalosa a vida toda Roberta- sério isso passa pelas suas filhas e não dá um beijo?- diz de braços cruzados chamando atenção do nosso pai e de todos que estavam ali presentes pai- filhas o meu deus,o que estão fazendo aqui suas doida quanto tempo minhas bebês- diz nos abraçando Rafaela- sentimos saudades e não briga com a gente,pois viemos pra ficar pai- claro que não,vocês voltam hoje mesmo - diz alto e todos olham Roberta- não tem discussão ficaremos e se não nos quiser morando com o senhor tudo bem moramos lá em baixo,mas não vamos ficar nem mais um segundo longe do senhor- ele vira as costas e sai Rafaela- já ficamos afastados tempo de mais,família tem que permanecer unida esqueceu?fizemos uma promessa a minha mãe e não podemos descumpri- disse alto fazendo o parar e começar a chorar fomos até ele o abraçamos e todos ainda nos observava com atenção,depois que passou sentamos na mesa e botamos os assunto em dia,o restaurante encheu mais ainda e ficamos só eu e Roberta conversando enquanto os dois cara nos olhava atentamente cada movimento nosso Roberta- já estou ficando sem graças com aqueles dois ali nos olhando- fala olhando pra eles Rafaela- nem fala o de boné branco é a cara do Diego mas e a coragem pra ir falar com eles Roberta- o de boné preto tenho quase a certeza que é o miguel mas vai que ele tem namorada e não vim de longe pra apanhar- disse e demos risadas ouvimos umas panelas cair na cozinha e nos duas pegamos nossa bolsa e fomos correndo até lá,tinha uma moça machucada lá botamos ela sentada em uma mesa no escritório do meu pai e ele falou pai- menos dois funcionários e agora quem vai atender os clientes,os chefes estão aqui e ainda nem atendidos foram eu e Roberta botamos os aventais e fomos atender a mesa dos cara que estavam nos olhando e meu pai gritou da cozinha pai- vocês não estudaram pra isso tirem logo esses aventais- diz da porta da cozinha Rafaela- realmente não estudamos pra isso,mas esse é um trabalho digno como todos os outros e foi o que pagou nossos estudos- saímos rindo com a cara que meu pai fazia e fomos atende os garotos Roberta- boa tarde,desculpa a demora estamos com pouco pessoal como já devem ter percebido,o que desejam? xxx- você todinha gostosa- um nojento disse Rafaela- vê se respeita minha irmã,vocês podem mandar na favela mas o respeito tem que ter querido e se for ficar de gracinhas fala logo que vamos embora xxx- olha o respeito p***a- o homem de boné branco disse com sua voz grossa- o encarando me causando arrepios involuntários xxx- foi m*l aí moças- diz sem graça Roberta- melhorou,então o que vão querer? xxx- um suco de laranja e o estrogonofe - o homem de boné preto diz encantando a Roberta xxx- suco de morango e estrogonofe também- o de boné branco diz me encarando fomos super nervosas pra cozinha botamos os pedidos lá tomamos uma água e fomos atender o resto do pessoal mas não resistimos e voltamos a mesa pra fazer a pergunta que não queria falar Rafaela- com licença,mas os nome de vocês é Diego e Miguel? Roberta- desculpa a curiosidade mas vocês parecem muito com nossos amigos,mas deve ser engano eles nem deve morar mais aqui - diz triste xxx- sim,sou Mg e ele DG- diz sério e Roberta da um sorriso e um suspiro pai- meninas vão pro apartamento de vocês já acabou o movimento mais tarde vou lá Rafaela- nem rola,hoje vamos ficar com o senhor- falei erguendo a sombrancelha pai- meu deus,cresceram ficaram teimosas,tá suas tia Clara e tia Paola vai amar ver vocês duas Roberta- já casou com a tia Clara é?- diz e rindo e meu pai fica sem graça pai- para de gracinhas,vou pedir alguém pra levar vocês lá em casa Roberta- ainda nem almocei,daqui não saio daqui ninguém me tira querido Rafaela- continua esfomeada pai- falei e ela deu um tapa no meu braço ele preparou nossos pratos e uma moça gentil veio nos servi e puxamos assunto com ela Roberta- tá melhor? moça- tô sim Rafaela- você é a irmã do Diego e do Miguel né?a Ana,tia Paola como está? Ana- sou sim,tá bem graças a deus ela vai amar saber que voltaram,vocês cresceram em que bom que lembraram de mim senti saudades levantamos e abraçamos ela, enquanto os meninos ficaram só observando,almoçamos e comemos sobremesa e chamamos aninha pra se sentar conosco e meu pai logo veio e se junto a nos,o restaurante fechou e ficou só os funcionários da limpeza Ana foi pra casa dela e nos chamou pra ir lá mais tarde e ficou combinado dela ir nos buscar já que não conhecemos mais nada aqui,fomos pra casa do meu pai e encontramos tia Clara e sua filhinha já olhamos pro meu pai torto pai- calma não é minha filha,ela casou mas infelizmente o marido morreu em uma invasão e ela trabalha aqui em casa e como está de férias a menina fica com ela suas maldosas Roberta- nem falamos nada como tínhamos trazido uma mochila com peças de roupas e coisas de higiene pessoais,tomamos um banho nos arrumamos e descemos logo Ana estava lá na porta pra nós busca em um baita carrão Rafaela- eita olha a nave da novinha- entrei na frente com ela fomos em direção ao topo do morro,paramos em frente a uma verdadeira mansão ficamos de boca aberta entramos e demos de cara com a tia Paola,que tava uma gata sentada na sala quando nos viu veio correndo nos abraça tia Paola- meu deus como minhas bebês cresceram Roberta- que saudades tia,tá gostosa em Rafaela - meu deus o tempo fez muito bem a senhora tia tá de parabéns passamos o resto da tarde com ela e Ana,fomos pra piscina e elas foram preparar um lanche pra nós estávamos lá tiramos umas fotinhas quando olhamos pra trás os meninos estavam lá nos olhando de boca aberta sem nenhuma expressão,até minha tia e Ana aparecerem e quebrar o silêncio Ana- senão vão falar com elas pelo menos parem de babar né- diz passando por eles tia Paola- o que deu em vocês dois?não vão falar com as meninas? Roberta- tia deixa,então bora mana- diz pegando os nossos celulares Rafaela- vamos sim,tia obrigada pela tarde maravilhosa vamos marca pra vocês irem lá em casa assim que nos arrumarmos tia Paola- vão morar ali com Douglas né? Roberta- tia assim que nos reconheceu ele queria nos enfia no avião,acha que ele deixaria ficarmos por aqui? Rafaela- e pelo jeito não somos mais bem vindas- falei olhando prós meninos nós despedimos delas e passamos por eles meu braço encostou no Dieguinho me trazendo uma sensação estranha,botamos nossos short e quando estávamos na porta preparadas pra sairmos eles vem em nossa direção e falam Diego- vocês não vão saber chegar no pai do vocês,vamos levá-las Roberta- não precisa Miguel- não estamos pedindo permissões- diz a encarando tia Paola- vai meninas,ninguém aqui lembram de vocês mais, tem muito doido por aí Rafaela- beijos - falei acendendo pra elas saímos os meninos entraram no carro e fomos como não conhecíamos mais a favela eles nos levaram pra uma casa mais a cima do morro e saíram do carro ficamos assustadas no começo mas logo descemos atrás e eles pararam em frente ao carro e ficaram fumando um baseado olhando pro nada, chegamos mais perto eu ao lado de Diego e Roberta do Miguel e ficamos olhando pro nada também e logo reconhecemos era o nossos cantinho Rafaela- nosso lugarzinho ainda existe- falei limpando as lágrimas dos olhos Roberta- lembra quando nossa mãe morreu e ficamos aqui horas e horas só chorando feito duas pateta e eles ficaram com a gente?- pergunta rindo entre os choros Miguel- então ainda se lembram de nos- diz sério olhando pro nada Roberta- nunca esquecemos vocês,ficaram pra sempre tatuados em nossos corações- diz olhando pra tattoo que nos quatro fizemos quando novos Rafaela- vocês são importantes pra nós,tudo que queríamos era chegar aqui e ganhar um belo abraço de vocês,mas ganhamos esporros e uma cantada ridícula de um escroto - suspirei e Diego e Miguel me olharam Roberta- aí como senti saudades desse por do sol perfeito- fomos pra frente e nos sentamos lá na beira abraçadas Diego- também sentimos saudades de vocês e muita- diz se aproximando e sentando ao meu lado e Miguel ao lado dela ficamos ali um tempo em silêncio só curtindo o por do sol,eu deitei a cabeça no ombro do Diego e Roberta no do Miguel e eles nos abraçaram,logo depois meu pai ligou e levantamos e fomos em direção ao carro eles nos puxaram e nos abraçaram como se fosse o último abraço Roberta- até quem fim- diz abraçada ao Miguel Rafaela- achei que iríamos ter que implorar um abraço Miguel- fiquem quietas- disse abraçado a Roberta entramos no carro eles nos deixou na casa do meu pai e logo saíram,meu pai teve que ir pro restaurante então fomos tomar um banho pra ir embora tia Clara tinha lavado nossa roupa que chegamos tomamos um banho e fomos embora nos despedimos dela,e fomos no restaurante do meu pai nós despedimos dele e da aninha,ela logo mandou uma mensagem pra sei lá quem e quando estávamos indo conversando paramos em uma barraca de açaí e ficamos sentadas de costa pra rua enquanto esperávamos e dois cara se aproximaram pro trás nos abraçando demos um pulo que assustou quem estava ali Miguel- calma parecem doidas- diz já perto de nós Roberta- estamos em terras desconhecidas,todo cuidado é pouco e doido e vocês assustando os outros- diz com a mão no coração Diego- foi m*l aí,onde vão?- pergunta me olhando Rafaela- vamos embora,só estamos esperando nossos açaí Miguel- é de lei parar na tia do açaí né Roberta- aqui que é a tia do açaí?tá enorme mas cadê ela? Miguel- ela não tá lá dentro não?- pergunta sério Rafaela- não só uma doida que ficou nós olhando com cara de nojo,pedimos até pro carinha nós atender xxx- boa noite Dg boa noite Mg,o açaí moças Dg/mg- boa noite Robertaafaela- obrigada Miguel- tá conhecendo elas não Juan? Juan- vai dizer que são as atentadas?- ele nos abraça e ficamos conversando um tempo terminamos nossos açaí pagamos e fomos nos despedir e os meninos nos acompanhou até lá em baixo,já na entrada chamamos um táxi e nada de chegar. e fomos pra perto dos meninos e perguntamos Rafaela- aqui tem Uber eles chegam aqui na entrada? Diego- vamos levar vocês Roberta- não precisam Miguel- não querem que vemos onde moram? Rafaela - o surto vem,estamos em um hotel menino vamos chega pegar nossas coisas e ir pro nosso apartamento,não queremos atrasar vocês sexta feira dessa devem ter compromissos Roberta- vamos logo mana como falei hoje cedo não vim de longe pra apanhar de mulher de ninguém- disse olhando e apontando com a cabeça pro lado de umas meninas que estavam nos olhando de cara feia Miguel- mulher de quem garota?- diz sério Rafaela- olha vocês provavelmente são os novos donos do morro,então essas doida devem ser as putas de vocês- falei seria sem olhar pra eles Diego- quem falou que somos dos donos daqui?- perguntou me encarando Roberta- não insulte nossas inteligência Dieguinho,todos só chamam vocês por uns apelidos que vocês nunca gostaram e onde passam todos os respeitam e vocês eram tão atentados quanto nos,e quando fomos servi a mesa dos chefes aquele boçal logo abaixo a cabeça quando mandaram pedir desculpa e logo apareceu com a cara inchada,não somos idiotas Rafaela- um táxi,vamos irmã foi bom ver vocês- me despedi rapidamente deles fomos entrando no táxi eles ficaram lá nos olhando,chegamos no hotel pegando nossas malas juntamos o que tinha pra juntar e fomos fazer o check-up,saímos na porta do hotel e quando iríamos chamar um táxi os dois doido nos abordaram lá pegando nossas malas e nos puxando pro estacionamento onde estava o carro deles Roberta- até um dia matar uma de nós do coração,onde estão nos levando? Miguel- pra casa- diz botando as malas no porta mala Rafaela- nem sabem onde moramos- falei de braços cruzados Diego- vocês vão falar,ou levamos vocês pro morro tanto faz- diz fechando o porta malas Roberta- nada abusado eles né- revira os olhos entramos no carro demos o endereço a eles e fomos chegando lá cumprimentamos todos e subimos pro nosso andar lá encontramos uns amigos nosso na porta da casa deles,quando nos viram vieram correndo nos abraçando girando a gente no ar,os meninos não falaram nada somente ficaram observando a cena e quando fomos apresentar eles como nossos amigos Miguel e Diego tomaram partido Diego- somos os namorados delas- diz os olhando de cara feia Breno- nossa estão mesmo namorando que bom,não sabia achei que era brincadeira Miguel- estão sabendo agora,vamos logo vocês tem que descansar - disse sério nós despedimos e fomos pro nosso apartamento,ninguém falou nada,quando entramos Roberta começou e eu terminei Roberta- sério?namorados?vocês não mudam não é?- diz seria Rafaela- o que falariam se chegarmos pras p**a de vocês e fala que somos namoradas de vocês?iriam amar né ou seríamos tachada de cornas Miguel- sismo com esse negócio de p**a meu deus- diz já se exaltando Roberta- baixa a bola tá boneco,vocês aparecem lá nos arrastando e ainda quer fica bolado Diego- já tá feito e pronto se não gostaram vai lá e falam que somos amigos de infância Rafaela- eu não até gostei,pelo menos não vão nos perturbar- falei me jogando no sofá Roberta- nem fala uns guri insuportável e sem falar que faz uns quatro anos que estamos namorando vocês- disse e rimos Miguel- como assim?- pergunta sério Rafaela- a quatro anos atrás nos mudamos pra cá e dois meses depois eles,aí sempre falávamos que tínhamos namorados até meu pai caiu nessa só que ele achava que namorávamos uns cara onde estávamos e Bruno e Breno achavam que era vocês Diego- dando sermão nos outros e nos usando- fala nos olhando Roberta- claro,mana tô morta de fome qual vai ser? Rafaela- saladinha bebê,já comemos açaí hoje Miguel- cruzes nessa geladeira tem nada- diz com a geladeira aberta Roberta- chegamos ontem de manhã no hotel e só viemos pra cá agora,n**a vamos pedir ou sair pra comer fora? Rafaela- você quem sabe Diego- dizem o que vão querer e vamos buscar enquanto vocês tomam um banho e descansam Rafaela- não queremos dar trabalho- falei olhando pra ele Miguel- relaxa nem dão Roberta- vou querer filé de peixe e uma saladinha de alface e tomate com um suco de laranja então por favor- mexendo no celular Rafaela- mesma coisa só que filé de frango e suco de morango,more pega o dinheiro aí na minha bolsa por favor Diego- não precisa Roberta- afinal quem é o dono e o subi de vocês? e podem ficar andando de um lado pro outro assim? Miguel- sou o sub,quase ninguém sabe que assumimos então não temos ficha relaxa eles saíram e ficamos lá todas bobas comemorando que estávamos perto deles,tomamos banho e botamos uma roupinha de dormi falamos com nosso pai,e ficamos vendo televisão enquanto eles não chegavam, estávamos cochilando no sofá quando e eles entraram arrumaram a mesa e nos chamaram pra jantar,nos sentamos a mesa junto deles e ficamos conversando sobre a vida Miguel- então se tornaram advogadas e modelos?- diz dando uma garfada na comida dele Roberta- e com louvor,temos um escritório em Nova York e segunda vamos inaugurar um aqui Rafaela- sou a Ceo da empresa,trabalhamos duro pra ter nosso império Diego- fico feliz por vocês, vão morar aqui ou no teu pai? Roberta- vamos ver uma casinha pra nós duas né mana,estamos acostumada ser só eu e ela e morar com meu pai requer seguir regras que não tô afim de seguir- ela falou e rimos Rafaela- nem eu afinal desde os dezoito sendo só eu ela,mas vamos ver onde fica melhor pra gente - falei piscando Roberta- hoje vai ter baile irmã,mas tô muito cansada falei pra aninha que outro dia vamos- falou me olhando Rafaela- eu tô só o pó e a catinga,chama ela pra vim pra cá,vamos na praia amanhã- falei bebendo meu suco Miguel- e nos que se exploda né Diego- diz olhando pro Diego Diego- tá vendo- me olha Roberta- calma meus queridos,vocês querem ou podem ficar um tempinho com a gente curtindo uma praia? Diego- que horas? Rafaela- pode ser de manhã ficamos um pouco lá e depois almoçamos e cada um vai pro seu lado o que acham? Miguel- suave Roberta- eu e ela só temos compromisso pela tarde com o menino lá Miguel- que menino- falou enciumado Rafaela- um amigo que vai nos ajudar em uma coisas diego- rum amigo- diz de cara feia eu e Roberta nós olhamos e demos uma risada,eles ficaram vendo filmes com a gente eu estava deitada em um sofá com a cabeça no colo do Diego e. que sensação maravilhosa,e Robertinha com a cabeça no colo do Miguel já quase dormindo,estávamos vendo uns filmes e logo dormimos,eu dei uma leve acordada e vi que estava na cama e Diego deitado do meu lado me fazendo carinho na cabeça e logo peguei no sono de novo vida nova começando e seja o que Deus quiser

editor-pick
Dreame-Editor's pick

bc

Atração Perigosa

read
9.7K
bc

O NOVO COMANDO HERDEIROS DO ALEMÃO ( MORRO)

read
14.8K
bc

Atraída por eles.

read
65.4K
bc

INESPERADO AMOR DO CEO

read
39.8K
bc

Chega de silêncio

read
2.7K
bc

Querido TIO.

read
10.9K
bc

O plano falhou: O Retorno da Filha Abandonada

read
9.1K

Scan code to download app

download_iosApp Store
google icon
Google Play
Facebook